*Namastê

Ao que parece este site está sendo mais visitado, agora que o livro começou a ser distribuído, portanto vou tentar mexer nele com maior frequência e empenho, né? ^___^

Primeiramente queria agradecer a todos que colaboraram. Espero que as palavras e o suor contidos nessas páginas sejam dignos da ajuda de vocês, e principalmente que tragam também algo de valioso para cada um. Fico feliz de ver algumas pontinhas de resultado. Ilustrando isso gostaria de contar um caso específico e interessante:

Assim que os livros chegaram da gráfica, meu porteiro ajudou a trazê-los até o apartamento. Ele ficou impressionado com a quantidade e mais surpreso ainda ao saber que eu que havia escrito os livros. Ele perguntou um pouco sobre o que falava e eu respondi que falava sobre coisas da faculdade e da vida, tentando misturar tudo. Aí eu que me surpreendi quando ele quis comprar um!  Era para a namorada dele, que também cuida daqui do prédio e estuda de noite.

Achei esse caso bem inusitado, e confesso que imaginei que o livro fosse desinteressar logo no começo quando se aprofunda um pouco sobre design. Mas pelo contrário, na manhã antes de levar o livro para o Inter, ela me chamou e fez alguns comentários sobre o livro! Foram elogios muito bonitos. Elogiou o meu modo de escrever, disse que era fácil e tal. Mas mais legal que isso – ela falou comigo sobre design! E eram argumentos consistentes! Falou de design do ponto de vista de quem vê de fora, do ponto de vista de quem consome, e disse que conseguiu entender a confusão que sentia sobre o tema.

Mas mais legal ainda, ela disse que se sentiu bem. Que se sentiu impelida a valorizar o próprio gosto na hora de decorar a casa e que não está errada por se expressar desde que isso a agrade. E velho, eu podia não ter vendido nada naquela sexta, porque meu dia já tinha valido a pena. De verdade.

^___^

Tags: , ,

Responda!