Fractando

Durante todo o desenvolvimento do projeto, tive vontade de usar fractais de alguma maneira. Porém não sabia como, já que a maioria dos fractais que eu via era muito específica, usava muitas corese e tal. Era uma imagem para se ver sozinha, difícil de combinar com outras coisas. Fui então fazendo meus desenhos fractais na mão, meio sem saber onde chegariam, mas comecei com umas coisas difíceis demais. Tipo um gira-sol feito de outros girassóis. Fui deixando isso meio de lado, até que resolvi baixar um programa gerador de fractais pra ver se me ajudava.

Confesso que de primeira não me entusiasmei muito, os mandelbrots e outros bizarrões não tinham muita utilidade. Mas aí eu descobri os L-System! O mais louco sobre esse tipo de fractal é q eles se baseiam num sistema de progressão desenvolvido por uma Bióloga botânica ao observar o padrão de crescimento de plantas e algas.

E o mais legal desses fractais é que eles são formados por linhas e criam padrões de texturas – o que é muito útil graficamente! A minha intenção original, que era desenhar um Om, com Julia Set, desapareceu, mas em compensação, explorar esse tipo de fractal me inspirou muito para continuar desenhando. E na época em que revisei o projeto e surgiram as aberturas de capítulo, eles encaixaram bem como outro elemento gráfico, servindo de textura nos versos dessas páginas.

Aí vem o mais legal desse post eu acho hahah. O programa vem com alguns fractais de exemplo, onde você pode iterar qtas vezes quiser e trocar a cor, mas nem todos os L-Systems fazem malhas, esses são os “space-filling” então aconteceu de eu não ter 14 texturas prar os 14 capítulos. Tive que inventar hahah. Peguei uma noite e fiquei em casa brincando de alterar aleatoriamente as formulas q geravam os desenhos. Eu e o betão ficamos viajando nisso por um tempão substituindo as fórmulas por qualquer coisa, e vendo o resultado. O pior é q saíram coisas legais e de madrugada, com o note no colo, meio dormindo, eu fiz umas fórmulas que eu achei lindas.






O mais triste desse post é que eu não salvei as fórmulas e nem lembro como eram.. sei que nunca tinha visto antes e que era capaz de registrá-las como autoria minha (nada pra ganhar dinheiro, veja bem). Pelo menos elas estão registradas no livro, e fica essa história no relatório.

^__^

Tags: , , , ,

One Response to “Fractando”

  1. » Blog Archive » Overtures Says:

    [...] post anterior eu falei sobre os fractais que pûs no livro, mas percebi que não faz muito sentido falar deles [...]

Responda!