Primeiras Tormentas

Postado em Making Of em agosto 11th, 2009 por Rafael

Após ter tido a idéia geral da aparência -principalmente da capa- passei a pensar na aparência interna.

Tinha vontade de que o livro contivesse ilustrações. Primeiro por gosto pessoal -sempre gostei de livros com figuras e até por isso gosto muito de desenhar- depois, porque isso corroboraria com a estética mais clássica e a carga de detalhe que almejava no projeto geral.

Isso me fez começar a relembrar o conteúdo do livro, na busca do conceito geral para as imagens e onde elas se encaixariam. Foi fácil de perceber que o livro não necessitava de ilustrações, o texto vive bem sem elas. Legal disso é que me dava oportunidade para utilizar as ilustrações para contar uma história paralela, expandir ou direcionar o sentido do texto. Ilustrações mais para intrigar do que para explicar.

O grande problema foi definir qual o conceito pras imagens! Pode parecer preguiça, mas é sério: até hoje não sei definir direito sobre o que o livro fala! É dificil pois ele fala vagamente sobre muitos assuntos; começou sem querer chegar a lugar nenhum; parou apenas por que me dei por satisfeito; eu vejo o que pensei enquanto escrevia mas não consigo ver se isso realmente fica explicito para quem lê; já percebi que cada um que lê se atém mais a uma parte e interpreta um sentido particular; eu como autor, me vejo alí de muitas formas.

Tanto é que em certo momento aquilo me parecia um livro de auto-ajuda, e cheguei até a fazer uma pesquisa de similares! E cogitei em vez de desenhos ilustrar os capítulos com fotos p&b!

Isso foi interessante e essa intimidade com o texto realmente esse passou a ser o conceito amplo. Afinal o livro são alguns raciocínios meus, apartir de experiências e vivências que eu tive. Não tem muitas outras pretensões além de expor meu modo de pensar. Esse conceito mantém-se até hj, mas como atualizar isso foi o verdadeiro desafio.

Tags: ,

Capítulo Zero

Postado em Making Of em agosto 10th, 2009 por Rafael

Pensei em adicionar as coisas aqui tentando seguir uma ordem cronológica, sei que vai ser difícil e nem pretendo me ater tanto à isso. A idéia tem mais a ver com ir relembrando e arquivando coisas.

Bom, não lembro ao certo a data, mas sei que foi bastante tempo depois que tinha dado o conteúdo do livro fechado. Acordei de madrugada com a idéia do livro, montadinho, atormentando a cabeça. Ele parecia uma bíblia, tinha um acabamento rebuscado, cantos com ponteiras de metal e tal hahaha. Mas tinha toda a idéia de como deveria ser feito. Como já aprendi que nessas horas o melhor a fazer é levantar e fazer algo, tomei nota de tudo o q estava pensando. O resultado foi esse rascunho.
É interessante ver que muitas idéias continuaram firmes até agora, mastb muita coisa mudou. Algumas coisas eram consideravelmente difícieis, como os 64 desenhos representando os 64 hexagramas, mas eu quase os fiz!
O espírito geral da coisa era transformar o objeto livro em algo mais sagrado, algo que criasse uma atmosfera de curiosidade, interesse e respeito (acho q o negócio da bíblia apareceu pq a biblia sempre foi um objeto q me inspirou respeito, e as vezes até medo), fora isso essa identidade também aponta para as coisas mais profundas do texto. Além disso outros dois fatores ajudavam a escolha de um layout rebuscado: primeiro que a noção do descartável precisa ser rapidamente revista, os objetos precisam ser feitos para durar, e as pessoas têm de perceber que é bom que eles durem. Segundo, que com o conteúdo do livro disponível na internet (já que nunca foi meu interesse ganhar dinheiro com isso) o livro em papel deveria oferecer algo mais, para despertar interesse de compra, e também numa pontinha de vontade de que as pessoas saíssem da tela por um tempo.

Embora hoje em dia eu mesmo não saia tanto, eu sei o quanto é valoroso dar uma volta por aí e olhar com carinho as coisas mais banais e corriqueiras.

Tags: , ,

Bienvenutto, Arrivabene!

Postado em Sem categoria em agosto 6th, 2009 por Rafael

Olá!
Enquanto o site oficial não fica pronto, montei este blog para ir jogando aqui idéias e comentários sobre o processo de desenvolvimento do meu Projeto de Conclusão de Curso: o livro “desIgn-projeto mutante“.

Vou usar este espaço principalmente para colocar as ilustrações que foram feitas e comentar sobre as etapas do trabalho, na esperança de que isso facilite a reconfiguração disso tudo na forma do Relatório Final hehe

Este espaço deve ficar em contante mudança, pois vou fazer uns testes por aqui.
Portanto, sinta-se à vontade para fuçar e criticar.

Enjoy

Tags: , ,